Prefeito foi morto com tiro disparado de outro veículo

Peritos do IML de Campinas informaram que o prefeito Antonio da Costa Santos (PT) foi morto com um tiro disparado em movimento, provavelmente partindo de outro veículo. As informações foram dadas aos deputados estaduais Renato Simões e Antonio Mentor, e ao senador Eduardo Suplicy, todos do PT.Este detalhe do veículo "emparelhado" ao carro do prefeito poria em dúvida a hipótese de latrocínio, segundo Simões, mas os parlamentares evitaram mais comentários a respeito. "Ainda é muito cedo para falar qualquer coisa sobre isso", disse o deputado. Ele afirmou que Santos não vinha sofrendo ameaças.Segundo os peritos, vários tiros foram disparados contra o carro de Santos, mas somente um o atingiu. O projétil atravessou seu braço esquerdo e trespassou o corpo, saindo pelas costas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.