Prefeito é denunciado por ''vender'' peixe por voto

A Procuradoria Regional Eleitoral em Alagoas denunciou ontem o prefeito de São Sebastião, José Pacheco Filho (PP), por crime eleitoral. Segundo os autos, Pacheco e seu irmão, o então candidato a vereador José Afonso Pacheco, teriam se beneficiado nas eleições do ano passado da distribuição de 8,3 mil quilos peixe e arroz na Semana Santa, em troca de votos.A procuradoria apontou um esquema de corrupção comandado pela cunhada do prefeito, Ana Maria Regueira Pacheco. De acordo com testemunhas, Ana Maria pediu a cabos eleitorais - na maioria, agentes de saúde - listas de eleitores que trocariam votos por comida.Ouvidos no procedimento administrativo do Ministério Público Eleitoral, os denunciados alegaram que a distribuição de peixes na Semana Santa é tradição do município e fazia parte de convênio entre a prefeitura e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Paraíba e São Francisco. Em ofício, a Codevasf negou qualquer convênio do gênero.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.