Prefeito do Rio deixa o hospital Pró-Cardíaco

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), deixou o Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo (zona sul), às 17h15 de hoje. Ele procurou atendimento médico após se sentir mal enquanto trabalhava, por volta das 14h. Conforme sua assessoria, Paes teve fortes dores na altura do estômago, ligou para seu médico particular e foi orientado a seguir para o hospital.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

04 de outubro de 2011 | 18h15

No Pró-Cardíaco, o prefeito fez eletrocardiograma e exames de sangue e não foi constatado nenhum problema. Ao ser liberado, Paes voltou ao gabinete para retomar o trabalho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.