Prefeito do PFL causa saia-justa para Lula na Bahia

Mal chegou à Bahia, onde participa de uma série de eventos entre esta sexta e sábado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sentiu que os ânimos de integrantes do PFL e do PT continuam aflorados no Estado - mesmo passados mais de quatro meses da eleição que elegeu o petista Jaques Wagner como governador do Estado, encerrando 16 anos de domínio carlista (bloco do senador Antonio Carlos Magalhães) no executivo estadual. Em seu primeiro ato na Bahia, a inauguração da 27ª fábrica da Nestlé no Brasil, em Feira de Santana, a 110 quilômetros de Salvador, o presidente - bem como o governador - foi afrontado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho (PFL). "Agradeço a presença do presidente e do governador, mas agradeço muito mais ao ex-governador Paulo Souto (do PFL, derrotado nas urnas por Wagner)", disse. "Ele, sim, foi o responsável pela inauguração desta fábrica - e de outras tantas que estão povoando o Pólo Industrial de Subaé", disse. Além disso, Carvalho aproveitou o evento para cobrar verbas do governo federal para a construção do contorno rodoviário na cidade, para o escoamento da produção do pólo. Wagner respondeu ao prefeito que, de fato, o ex-governador tinha feito um bom trabalho na captação de empresas para o Estado, mas que o presidente da Nestlé, Ivan Zurita, não precisava ficar preocupado. "Agora, vamos fazer ainda mais para garantir o crescimento acelerado da produção e ainda promover várias outras obras na cidade", garantiu. "Quanto ao contorno, nossa bancada federal já garantiu parte dos recursos." Lula ajudou o pupilo baiano, dizendo que o governo do PT não olha para a opção partidária do governante das cidades, mas para o que a população dos municípios precisam. "Além disso, o Brasil vive um momento ´auspicioso´ para atrair investimentos privados, tanto externos quanto internos, como tantos outros que já tivemos e deixamos passar", afirmou. "Quando lançamos o PAC, quisemos mostrar ao País que não existe volta, que a chance de crescer é agora."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.