Prefeito de Londrina é preso

De acordo com o Ministério Público, José Joaquim Ribeiro (sem partido) participaria de esquema de compra superfaturada de uniforme escolar

O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2012 | 12h04

O prefeito de Londrina, José Joaquim Ribeiro (sem partido), foi preso na manhã desta quinta-feira, 20. Ribeiro é investigado pelo Ministério Público (MP) por envolvimento num esquema de propina e compra superfaturada de uniformes escolares na cidade.

 

A prisão preventiva do prefeito foi decretara pelo O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) na noite de quarta, 19, em Curitiba. Além dele, o ex-prefeito Barbosa Neto (PDT) e mais 17 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público, suspeitas de envolvimento no caso.

 

Na avaliação do desembargador José Maurício Pinto de Almeida, as investigações de corrupção na prefeitura ficariam comprometidas com a permanência de Joaquim Ribeiro no cargo.

 

Ribeiro assumiu a prefeitura em agosto de 2012, após a cassação de Barbosa Neto (PDT).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.