Prefeito de Fortaleza e presidente da AL-CE deixam PSB

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Albuquerque, entregaram, na tarde desta quarta-feira, 25, o pedido de desfiliação ao PSB do grupo político liderado pelo governador Cid Gomes.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

25 de setembro de 2013 | 16h42

Roberto Cláudio e José Albuquerque abriram a reunião extraordinária da Executiva Nacional do PSB, em Brasília, na tarde desta quarta-feira (25) e não ficaram para o restante do encontro que tem como pauta principal o pedido de intervenção no diretório do Rio de Janeiro. O prefeito e o presidente da AL-CE entraram na reunião e formalizaram a desfiliação e saíram imediatamente.

Nesta quinta-feira, 26, os ''cidistas'' se reúnem a partir das 19 horas, no Hotel Vila Galé, em Fortaleza, e não mais na sede do PSB, que eles já consideram ex-partido, para comunicar a situação as lideranças municipais. O grupo resolveu apoiar a tentativa de reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014 em detrimento da possível candidatura do presidente nacional do PSB, Eduardo Campos.

Roberto Cláudio disse que o grupo de Cid sai pela porta da frente do PSB e de uma forma amistosa. "Apresentamos nossa desfiliação de forma amistosa, pois vamos apoiar a reeleição de Dilma", disse o prefeito. Ele aproveitou para ironizar o convite feito pelo PSB para filiar a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. "Eu sucedi Luizianne em sua trágica gestão, principalmente pela incapacidade de promover mudanças. Normalmente, o julgamento político é feito nas eleições".

Tudo o que sabemos sobre:
PSBExecutivaCid Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.