Prefeito de Dourados-MS renuncia oficialmente ao cargo

O prefeito afastado de Dourados (MS), Ari Artuzi (sem partido), e o vice-prefeito, Carlinhos Cantor (PR), renunciaram hoje aos cargos que ocupavam. Eles são apontados pela Polícia Federal (PF) como líderes de um esquema de corrupção na cidade que ficou conhecido como "farra das propinas". O ex-presidente da Câmara da cidade, Sidlei Alves (sem partido), também deixou o cargo. Artuzi está preso no Presídio Federal de Campo Grande e os outros dois na Penitenciária Harry Amorim Costa, em Dourados.

JOÃO NAVES DE OLIVEIRA, Agência Estado

01 Dezembro 2010 | 20h12

Eles fizeram as renúncias através de cartas entregues na prefeitura e Câmara pelos seus advogados. Os pedidos foram aceitos, e já eram esperados no meio político douradense, onde vários políticos estão se movimentando pra disputar a vaga deixada pelo prefeito. Entre os mais interessados, está o vice-governador Murilo Zauit (DEM).

Mais conteúdo sobre:
renúncia Dourados corrupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.