Prefeito de Belo Horizonte está consciente

O prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro (PT), 69 anos, recuperou a consciência, após ter ficado uma semana em estado de coma induzido no CTI do hospital Mater Dei, na capital - em razão de um derrame e de uma cirurgia no cérebro. Mas os médicos ainda não arriscam previsões sobre eventuais seqüelas físicas e neurológicas.Segundo boletim divulgado na manhã de hoje, Célio já respira sem a ajuda de aparelhos, mas submeteu-se a uma traqueostomia para facilitar a oxigenação, o que o impede de falar. Apesar de bastante sonolento, o prefeito responde a estímulos sensoriais e a comandos verbais dos médicos, abrindo e fechando uma das mãos e movendo os olhos. "A melhora neurológica é consistente e progressiva, mas lenta, como esperado nessas situações", informa o boletim. Célio foi operado no dia 8, 24 horas após ser internado por uma causa de uma isquemia transitória. Já no hospital, um coágulo se formou no cérebro do prefeito e ele piorou, apresentando déficits nos movimentos do lado direito do corpo e na fala.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.