Prefeito continua com os bens indisponíveis

O Ministério Público do Ceará obteve liminar ontem, na Justiça Federal, que reitera a indisponibilidade dos bens e valores do prefeito de Cascavel (CE), Eduardo Florentino Ribeiro (PSDB). O tucano responde a quatro ações de improbidade administrativa na Justiça Federal do Ceará, além de responder a processo por supostos atos ilícitos no cargo. A procuradora do caso, Nilce Cunha, sugeriu o afastamento do prefeito, mas o pedido não foi acatado pela Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.