Prefeito antecipa greve e fecha prefeitura em Iporanga

O prefeito de Iporanga, no Vale do Ribeira, Jamil Adib Antonio (PTB), antecipou-se à greve das prefeituras paulistas anunciada para o próximo dia 5 e fechou hoje as portas. Só foi mantido o atendimento de emergência na área de saúde. A medida foi tomada, segundo ele, por causa da queda de mais de 50% nos repasses de verbas federais como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). "Não tenho condições de continuar mantendo os serviços públicos." Ontem, os servidores municipais bloquearam a saída dos veículos da garagem municipal em protesto contra a falta de pagamento dos salários de junho. Segundo ele, o fechamento é por tempo indeterminado. Outras 5 prefeituras da região do Alto Ribeira - Apiaí, Itaóca, Ribeira, Barra do Chapéu e Itapirapuã Paulista - vão manter as portas fechadas todas as sextas-feiras e reduzir o expediente nos outros dias da semana. A decisão foi tomada em reunião realizada em Itaóca. O protesto é contra a redução nos repasses dos governos estadual e federal. As prefeituras vão funcionar de segunda a quinta-feira, das 8 às 12 horas. Os prefeitos prometem manter em funcionamento serviços essenciais, como saúde, coleta de lixo, educação e transporte escolar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.