Prefeita paulista rebate Rossi sobre veto do PMDB

'Quero esclarecer que não posso ser vetada de ir para um lugar que nunca tive intenção de ir'

Gustavo Porto, da Agência Estado,

01 de fevereiro de 2011 | 20h16

RIBEIRÃO PRETO, SP - A prefeita de Ribeirão Preto (SP), Darcy Vera (DEM), rebateu nesta terça-feria, 1º, por meio de nota à imprensa, o veto que o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, fez ao ingresso dela no PMDB. "Quero esclarecer que não posso ser vetada de ir para um lugar que nunca tive intenção de ir, ou sequer manifestei interesse", informou a prefeita.

Em entrevista, Rossi, uma das principais lideranças do PMDB paulista, afirmou na segunda-feira, 31, "que não está no horizonte político" a ida da prefeita para o partido, caminho que pode ser seguido pelo prefeito paulistano Gilberto Kassab (DEM).

Segundo Rossi, Ribeirão Preto é o principal polo do PMDB paulista, que tem, além dele, um deputado estadual, seu filho, Baleia Rossi, o vice-prefeito da cidade, Marinho Sampaio, e vereadores, entre eles o primeiro suplente de deputado federal, Léo Oliveira. Darcy lembrou, na nota, que o PMDB faz parte de sua base de governo e encerrou: "Nunca dei nenhuma declaração ou falei sobre mudança de partido", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
PMDBRibeirão PretoprefeitaDEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.