PRE-SP veta contratação durante período eleitoral

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo (PRE-SP) se manifestou contra o pedido para contratar professores para o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) durante a vigência da proibição imposta pela legislação eleitoral. O pedido é do dia 30 de agosto e foi feito pelo governo paulista ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP).

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

16 de setembro de 2010 | 19h33

Segundo o governo, o aumento seria necessário para atender o crescimento de alunos matriculados na instituição. Nos últimos 4 anos, o número de alunos dobrou de 120 mil em 2006 para 240 mil neste semestre.

Em seu parecer, o procurador regional eleitoral Pedro Barbosa Pereira Neto afirmou que a autorização não poderia ser concedida pela Justiça Eleitoral. Ele disse que o acolhimento do pedido configuraria risco "de abrir-se brecha a todo tipo de manobra eleitoreira".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.