Pré-candidato a prefeito participa de reabertura de bingo em SP

O presidente da Força Sindical e pré-candidato do PDT à Prefeitura de São Paulo, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, participou da abertura do Bingo Imperador, no Sumaré, zona Oeste da capital paulista. Na opinião do sindicalista , perdeu o governo - com a derrota da Medida Provisória (MP) que proibia o funcionamento das casas de bingos, máquinas caça-níqueis e jogos -, mas ganharam os trabalhadores. "Os cerca de 120 mil funcionários de casas de bingos terão seus empregos de volta depois de mais de dois meses de angústia", afirmou Paulinho. O bingo Imperador, um dos maiores da capital paulista, foi reaberto pontualmente às 14h30. Os 400 funcionários da casa fizeram festa e chegaram até a rezar um Pai Nosso para agradecer o retorno ao trabalho. Paulinho disse esperar que "o governo federal aceite a derrota e não volte a criar problemas para os bingos". Ele afirmou que vai se reunir com proprietários dos estabelecimentos para discutir a recontratação dos funcionários que foram demitidos a partir de 20 de fevereiro.O sindicalista reiterou ser favorável à abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar ilegalidade nos jogos de azar no País. "Se tem gente lavando dinheiro ou fazendo maracutaia, tem de ser preso, inclusive quem estava pegando dinheiro dos bingos, como é o caso do Diniz (Valdomiro Diniz, ex-assessor parlamentar da Casa Civil) e do Carlinhos Cachoeira (bicheiro)", afirmou. "Mas não podemos penalizar os trabalhadores por causa de alguns bandidos que têm no meio", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.