Prazo para retirar propaganda eleitoral termina nesta terça

As propagandas dos candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram o segundo turno das eleições devem ser removidas nesta terça-feira, segundo determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O descumprimento da obrigação acarreta aos responsáveis as conseqüências previstas na legislação eleitoral. Além de Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin, que disputaram a Presidência da República em outubro, outros 20 candidatos devem providenciar a retirada do material de publicidade remanescente. Entre eles, estão aqueles que concorreram aos governos de Goiás, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.