Pratini e Delfim dividem horário eleitoral do PPB

O ministro da Agricultura, Pratini de Moraes, e o deputado federal Delfim Neto (SP) dividem na próxima quinta-feira, dia oito, os 20 minutos do horário eleitoral obrigatório e gratuito do PPB, nas emissoras de rádio e televisão. Os dois são pré-candidatos pelo partido à Presidência da República, nas próximas eleições."São dois excelentes nomes e ambos têm todas as condições de suceder o presidente Fernando Henrique", declarou o ministro do Trabalho, Francisco Dornelles, também do PPB. "Mas o partido só vai escolher o candidato em março. Até lá trabalharemos os dois nomes", prosseguiu Dornelles, ao assegurar que o presidente não está preocupado com o fato de existirem tantos candidatos da base em seu ministério. Na opinião de Dornelles, o presidente vai fazer o seu sucessor. O ministro ponderou que, desta vez, ao contrário do que houve em muitas outras eleições, haverá vários candidatos querendo defender a bandeira do atual governo.Antes de viajar para Catar, no Oriente Médio, para participar de reunião da Organização Mundial de Comércio, Pratini de Moraes fez questão de gravar sua participação no programa eleitoral do partido. A abertura do programa será feita pelo ator Almir Satter, e em seguida o ministro vai falar de nacionalismo, exportação, emprego e a pujança da agricultura. "O programa começou com cavalo, tratou de café e terminou com avião da Embraer", informou um assessor do ministro, depois de ressaltar que o presidente Fernando Henrique incentivou e apoiou a candidatura de Pratini. "Vai que é bom. É mais um nome", teria dito Fernando Henrique ao ministro. Esta, aliás, têm sido a estratégia do presidente, sempre que surge um novo pretendente à sucessão. Na base aliada já se apresentaram como pretensos candidatos tucanos e ministros da Saúde, da Educação e das Comunicações; respectivamente, José Serra, Paulo Renato e Pimenta da Veiga, além do presidente da Câmara, Aécio Neves. Também está na corrida a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, do PFL e, no PMDB, o presidente incentiva o deputado Michel Temer (SP) a disputar as prévias com o governador mineiro Itamar Franco. Todos que procuram o presidente ouvem palavras encorajadoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.