Pratini diz que México suspende embargo à carne na 2ª

A negociação estabelecida pelo governo brasileiro com o governo dos Estados Unidos, país que mais compra carne bovina brasileira para a retirada do embargo imposto pelo Canadá desde o último dia 02, acabou obrigando o governo canadense a também suspender a restrição imposta à carne brasileira. O ministro da Agricultura, Pratini de Moraes, recebeu a comunicação da Agência de Controle Alimentar e Animal (ATHIS) dos EUA por volta das 17 horas desta sexta-feira. Poucos minutos depois, o embaixador norte-americano no Brasil, Anthony Harrington, comunicou a notícia diretamente ao presidente Fernando Henrique Cardoso. Cerca de uma hora depois, por volta das 18h30, o ministro da Agricultura do Canadá, Lyle VanClief, telefonou a Pratini de Moraes, confirmando que o Canadá também estava suspendendo o embargo. Pratini disse há pouco que o único país que ainda não se manifestou foi o México, que deverá fazê-lo segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.