Praias do Rio param para admirar uma baleia e seu filhote

Uma baleia e seu filhote passearam hoje de manhã pela orla da zona sul do Rio. A dupla foi vista primeiro em São Conrado e, em seguida, em Ipanema. Como os animais ficaram a cerca de 40 metros da areia, banhistas e surfistas puderam chegar bem perto deles. As baleias atraíram a atenção também de quem passava pela Avenida Niemeyer. Os motoristas pararam os carros para admirá-las e provocaram um pequeno engarrafamento. Para evitar que as baleias se machucassem, os bombeiros afastaram uma rede de pesca que havia sido lançada ao mar. Os animais são da espécie franca-do-sul e medem entre 18 e 20 metros (mãe) e oito metros (filhote), segundo informou o comandante das Atividades Especializadas do Corpo de Bombeiros, coronel Marco Aurélio Silva. Silva disse que elas são as mesmas avistadas anteontem em Saquarema, na Região dos Lagos.O coronel Silva ficou indignado com banhistas que tentaram encostar e até subir no dorso das baleias. ?Elas não reagiram porque são muito dóceis, mas a mãe poderia ter machucado algum banhista no instinto de defender o filhote, e, se isso acontecesse, culpariam os bombeiros?, disse o comandante. ?Tenho mais medo da ação do homem do que de elas encalharem.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.