PR vai ao STF contestar vaga de Clodovil para PTC

Segundo o partido, decisão do TSE assegurou, por unanimidade, o direito de filiação do deputado ao PR

SANDRA MANFRINI, Agencia Estado

24 de março de 2009 | 17h07

O Partido da República (PR) vai entrar com um pedido de Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão da Câmara que deu posse nesta terça-feira, 24, ao suplente do PTC na vaga deixada com a morte do deputado Clodovil Hernandes (PR-SP). Segundo nota divulgada pelo PR, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assegurou, por unanimidade, o direito de filiação do deputado Clodovil ao partido.

 

Veja também:

linkPTC e PR brigam pela vaga de Clodovil na Câmara

linkCoronel da PM paulista assume vaga deixada por Clodovil

Portanto, no entendimento do partido, deveria assumir a vaga o suplente do PR, que é o vereador paulistano Aurélio Miguel - judoca medalhista olímpico. O suplente do PTC, coronel Jairo Paes de Lira (SP), tomou posse na Câmara dos Deputados, depois que o presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), indeferiu o pedido do PR para ocupar a vaga de Clodovil.

Tudo o que sabemos sobre:
ClodovilPRPTCCâmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.