PR: para governo, aumento de tributos renderá R$ 11 bi

O líder do PR na Câmara, deputado Luciano Castro, informou hoje que o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse que a estimativa para arrecadação extra que será obtida com o aumento das alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) será de R$ 11,1 bilhões este ano. Quando anunciou o pacote, o governo disse que as duas medidas renderiam R$ 10 bilhões extras aos cofres públicos. Segundo Castro, a informação de Bernardo foi dada na reunião de hoje com os líderes aliados. De acordo com o líder, com esta estimativa de arrecadação extra e com a reavaliação das receitas que já haviam sido feitas pela Comissão de Orçamento (da ordem de R$ 10 bilhões), o corte que deverá ser feito na peça orçamentária será de R$ 19 bilhões. Castro deixou a reunião antes de seu final porque viajará daqui a pouco. Segundo ele, o encontro deverá durar por volta de mais uma hora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.