PPS, PSol e PV pedem cassação de João Caldas e Nilton Capixaba

O PPS, o PSol e o PV entregam nesta quarta-feira, no Conselho de Ética da Câmara, o pedido de cassação do mandato dos deputados João Caldas (PL-AL) e Nilton Capixaba (PTB-RO). Os dois estão sendo investigados por suposto envolvimento no esquema de venda superfaturada de ambulâncias com recursos do orçamento da União, conhecido por sanguessuga. João Caldas e Capixaba são integrantes da mesa diretora da Câmara. Capixaba é o segundo secretário e Caldas o quarto secretário. Como se trata de representações apresentadas por partidos políticos, não há necessidade de o pedido de cassação passar por análise da mesa podendo ser encaminhado diretamente ao Conselho de Ética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.