PPS pede que CPI se instale no Senado

O presidente nacional do PPS, senador Roberto Freire (PE), pediu, nesta terça-feira, em discurso no plenário, que sejainstalada no Senado a CPI para investigar denúncias de corrupção e que, ao mesmo tempo, o Conselho de Ética apure o envolvimentode senadores na violação do sistema de votação eletrônica do Senado."Temos que evitar que o plenário do Senado se transformenuma rinha que paralise as suas atividades", afirmou Freire.Ele sustentou que o Senado precisa usar os dois instrumentos regimentais disponíveis - CPI e Conselho de Ética - para que a Casa retome seu papel como instituição e se evite que os senadoresfiquem assistindo a cenas de troca de agressões."O Senado não pode mais ser palco dessa disputa, e, se a Câmara nãoconseguir reunir o número regimental para instalação de uma CPI mista, que ela seja organizada no Senado, para que asdenúncias fiquem restritas a esse foro de debate", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.