PPS e PT querem investigação sobre Jader

Os líderes do PPS, senador Paulo Hartung (ES), e do PT, senadora Heloísa Helena (AL), vão pedir amanhã que o presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), seja investigado pelo Conselho de Ética. No requerimento a ser protocolado na Mesa do Senado, os dois partidos formalizam a denúncia contra Jader, ressaltando ser preciso esclarecer as contradições entre os pronunciamentos do senador sobre o caso Banpará e as informações publicadas pela revista Veja.Em entrevistas, o presidente do Senado disse, repetidas vezes, não ser beneficiário dos desvios do banco, ao contrário das notícias de que ele e seus familiares teriam recebido depósito de recursos em contas correntes. O Conselho de Ética é presidido pelo senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.