PPS cobra postura mais dura do PSDB com Governo

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, avaliou nesta noite que a oposição ao Governo Federal tem cumprido bem seu papel, mas cobrou maior firmeza do PSDB, aliado do PPS em esfera nacional. Segundo ele, as lideranças tucanas deveriam ter criticado de forma mais dura os leilões dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília, promovidos no início de fevereiro. "A oposição está cumprindo bem o seu papel, mas poderia cumprir melhor", afirmou Freire ao comparecer ao Sambódromo do Anhembi, na primeira noite do Carnaval 2012 de São Paulo.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2012 | 23h24

O presidente nacional do PPS disse ainda que o PSDB deveria tratar o PT como um partido que não respeita as oposições e avaliou que as lideranças tucanas não têm criticado com firmeza a atuação da presidente Dilma Rousseff. "A presidente Dilma tem se mostrado civilizada, diferente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, por isso, o PSDB acaba não querendo enfrentar com mais firmeza o Governo Federal", criticou. Ele ponderou, contudo, que o ex-governador de São Paulo, José Serra tem sido uma exceção entre os caciques do PSDB, ao criticar de maneira dura as iniciativas do Governo Federal.

Tudo o que sabemos sobre:
Carnaval 2012PPS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.