Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

PP fecha apoio a Cunha na Câmara

O Partido Progressista (PP) fechou apoio à candidatura de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados. Em eleição interna, a maioria da bancada do partido votou pela adesão ao bloco de apoio ao peemedebista.

BEATRIZ BULLA, O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2015 | 19h12

O PP terá 38 cadeiras na Câmara, sendo que 30 deputados participaram da votação hoje. Após 20 votos contabilizados a favor de Cunha, a contagem parou. O partido não divulgou até o momento quantos parlamentares votaram a favor da adesão ao bloco do petista Arlindo Chinaglia (SP). O deputado federal Paulo Maluf (SP) é um dos integrantes da sigla que declarou voto no petista.

O Planalto trabalha fortemente pela condução de Chinaglia à presidência da Casa. O líder do PP, deputado Eduardo da Fonte (PE), diz não temer retaliações por parte do governo. "É um processo democrático", afirmou, ao anunciar o resultado da votação interna.

Resta apenas o anúncio de apoio do PR, que caminha para acordo com Chinaglia após pressão do Planlato. Também é esperado para o início desta noite um novo posicionamento do PRB, que declarou apoio a Cunha mas ameaça reverter a posição.

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo CunhaCâmaraPP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.