PP do RS anuncia apoio a Serra na disputa presidencial

O PP do Rio Grande do Sul vai apoiar a candidatura do tucano José Serra à Presidência da República. O acordo foi fechado nesta quarta-feira, em Brasília, num encontro que reuniu o presidente nacional do PP, Francisco Dornelles, o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, e os presidentes estaduais das duas siglas, Pedro Bertolucci e Claudio Diaz, além de deputados federais e prefeitos do PP.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

12 Maio 2010 | 20h56

O palanque do PP é um grande reforço para a campanha de Serra no Rio Grande do Sul. O partido é maior que o próprio PSDB no Estado, contando com 149 prefeitos, 1.177 vereadores, cinco deputados federais e nove estaduais. Os tucanos têm 20 prefeitos, 250 vereadores, dois deputados federais e cinco estaduais.

Os dois partidos negociam também uma coligação estadual, na qual o PP apoiaria a reeleição de Yeda Crusius. O partido indicaria o vice-governador e a candidata ao senado, Ana Amélia Lemos. O acordo esbarra numa exigência do PP, que quer coligação também nas eleições proporcionais, algo que os tucanos rechaçam porque entendem que perderiam cadeiras nos parlamentos estadual e nacional. Diaz afirma que o impasse será resolvido nas próximas semanas.

Mais conteúdo sobre:
eleições alianças PP PSDB José Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.