'Povos da Terra' marcham até Campo Grande

A marcha dos "Povos da Terra", organizada pelos movimentos sociais de Mato Grosso do Sul e que saiu na segunda-feira, 3, do município de Anhanduí, encerra nesta sexta-feira, 7, a caminhada de 60 km até Campo Grande, onde será realizada uma grande manifestação para reivindicar a titulação e demarcação dos territórios indígenas e quilombolas, e exigir a realização da reforma agrária. Em nota, o Movimento dos Sem Terra (MST) diz que a manifestação visa a "pautar para a sociedade a problemática fundiária em Mato Grosso do Sul e a necessidade de promover ações em defesa dos direitos humanos". Jonas Carlos da Conceição, da coordenação estadual do MST, afirma que "o poder público não pode continuar fechando os olhos para o que está acontecendo em Mato Grosso do Sul". Ele argumenta que existe uma "grande ofensiva do agronegócio, incentivada pelo silêncio conivente do governo".

Agência Estado

06 Junho 2013 | 18h34

Mais conteúdo sobre:
Povos da Terra marcha MS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.