Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

‘Pouco diferente de hoje’, diz Bolsonaro sobre ditadura militar

Presidente exaltou generais que comandaram o País e as obras do período entre 1964 e 1885

Rafaela marques, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2021 | 21h20

O presidente Jair Bolsonaro classificou nesta quinta-feira, 11, a ditadura como um período “um pouco diferente do que vivemos hoje” e exaltou os presidentes militares que governaram o País entre 1964 e 1885 durante cerimônia de entrega de títulos de propriedade de terras em Alcântara.

“Isso aqui nasceu em 1983, mais uma das grandes obras dos cinco presidentes militares que tivemos no Brasil. Grandes obras ao longo de 21 anos, onde vivi um regime de... um pouco diferente do que vivemos hoje, mas com muita responsabilidade com o futuro de seu País”, afirmou.

Bolsonaro participou da entrega de 120 títulos de propriedade de terras para famílias que foram remanejadas durante a construção da base aeroespacial de Alcântara, ainda na década de 1970, no governo militar.

Do palanque, o presidente elogiou a ministra Damares Alves e cometeu uma gafe com o ministro Milton Ribeiro (Educação), a quem por duas vezes se referiu como “ministro das comunicações”, até ser corrigido pelo próprio Ribeiro.

Após a cerimônia, Bolsonaro disse que espera que o acordo de salvaguarda tecnológica assinado pelo ex-presidente norte-americano, Donald Trump, seja mantido nos mesmos termos na administração de Joe Biden. “Com Trump ou com Biden, isso é importante para o desenvolvimento do Brasil e é interesse deles também”, destacou. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.