Possível liberação de transgênicos já motiva protestos

A expectativa de que governo anuncie nos próximos dias a medida provisória liberando o plantio de sementes transgênicas de soja na safra 2003/04 já motiva protestos em Brasília. Integrantes de vários movimentos sociais se reuniram na tarde desta terça-feira em frente ao Ministério da Agricultura.Entre os movimentos que participam do ato estão a Federação dos Trabalhadores de Agricultura Familiar (Fetraf), Movimento dos Pequenos Agricultores, Movimentos dos Atingidos por Barragens, Comissão Pastoral da Terra, Confederação Nacional de Agricultura (Contag) e Movimento dos Sem Terra, além de Ongs."Ao permitir o plantio de uma safra ilegal, a soberania nacional está sendo atingida" afirmou Leandro Noronha, coordenador da manifestação. Ele criticou o governo Lula estar "ouvindo apenas um dos lados, o lobby das multinacionais e dos grandes produtores agrícolas". Segundo ele, "os movimentos sociais nunca foram ouvidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.