Estadão
Estadão

Posse de ministros de Temer deve ser nesta quinta à tarde, diz Jucá

Provável ministro do Planejamento caso Dilma seja afastada, senador afirma que 'não se pode deixar um vácuo no poder'

Bernardo Caram, Rachel Gamarski, Luciana Nunes Leal e Valmar Hupsel Filho, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2016 | 17h44

BRASÍLIA - Cotado para assumir o Ministério do Planejamento se a presidente Dilma Rousseff for afastada do cargo, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) disse há pouco que a posse de ministros de Michel Temer está programada para amanhã à tarde.

Jucá não informou quantos ministros devem assumir os novos cargos amanhã. A depender do horário de conclusão da votação da admissibilidade do impeachment no Senado, a notificação de Dilma deve ser feita às 10 horas e a de Temer, às 11 horas.

De acordo com o senador, Temer deve ocupar o gabinete da Presidência da República, no Palácio do Planalto, já nesta quinta-feira e iniciar suas atividades. “Não se pode deixar um vácuo no poder”, disse.

O senador espera que a votação pelo Congresso da revisão da meta fiscal deste ano, permitindo um rombo de até R$ 96,6 bilhões, seja feita já na próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.