Posse de Barbosa no STF esvazia plenário do Senado

A falta de quórum provocada pela posse do ministro Joaquim Barbosa na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) levou o Senado a encerrar a sessão deliberativa desta quinta-feira (22) às 15h27. Presidida pela senadora Ana Amélia (PP-RS), a sessão teve apenas seis oradores, três deles senadores do PT.

ROSA COSTA, Agência Estado

22 de novembro de 2012 | 16h04

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) deixou o plenário pouco antes do encerramento dos trabalhos dizendo não saber se iria ou não à posse de Barbosa. "Estou refletindo, tenho muito respeito pelo ministro Joaquim Barbosa e vou considerar isso na minha decisão", afirmou.

Estavam na pauta de votação quatro propostas, entre elas a que trata das prerrogativas do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição de Direitos Autorais (Ecad).

Tudo o que sabemos sobre:
STFJOAQUIM BARBOSAPOSSESenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.