Porto Alegre faz protesto contra Temer

Ato ocorre desde as 18h no centro da capital do Rio Grande do Sul

Luciano Nagel, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2017 | 20h42

PORTO ALEGRE- Manifestantes se reúnem na rua Borges de Medeiros, no centro de Porto Alegre, desde às 18h desta quinta-feira, 18, pedindo a saída imediata do presidente da República Michel Temer. Com faixas, cartazes e bandeiras de vários partidos políticos, as frentes que unem movimentos contrários ao governo atual protestam pacificamente. 

A manifestação “relâmpago” desta quinta-feira foi convocada pelas redes sociais, após pronunciamento do presidente Michel Temer em rede nacional, onde afirmou a nação que não teme delação premiada e que não irá renunciar. O presidente da República também negou que tenha autorizado a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha, do PMDB-RJ.

Policiais da Brigada Militar acompanham o protesto e até o momento não foram registrados atos de vandalismo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.