Portal do PT na internet ignora Dirceu e aborda PAC

Ex-ministro disse à 'Piauí' que sede do PT no RS foi construída com dinheiro de caixa 2

João Domingos, de O Estado de S.Paulo

04 Janeiro 2008 | 18h30

A página do PT na internet fez silêncio sobre as declarações de José Dirceu, que em entrevista à revista Piauí acusou o diretório gaúcho de ter utilizado dinheiro de caixa 2 para construir sua sede. Durante todo o dia de ontem, o portal petista manteve como manchete a notícia de que o governo reservou R$ 41 bilhões para tocar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) enquanto negocia no Congresso a votação do Orçamento. No dia de ontem foram divulgadas apenas quatro notícias, nenhuma delas com qualquer menção a respeito das declarações do ex-presidente do partido e ex-ministro da Casa Civil. A primeira nota do dia tratou da vitória do democrata Barak Obama e do republicano Mike Huckabee nas eleições primeiras do estado norte-americano de Iowa. Em seguida, o site petista lembrou que a Petrobrás descartou aumentar o preço da gasolina, mesmo com o petróleo a U$ 100 o barril, lembrou que as vendas de automóveis no Brasil cresceram 29,57% em 2007, números baseados em informações da Fenabrave, e noticiou que o Ministério da Saúde vai distribuir 300 mil kits sobre dengue para médicos.  No dia anterior, o mesmo em que a revista Piauí chegou às bancas, a página do PT na internet divulgou quatro notícias. Também ignorou as palavras do ex-deputado José Dirceu. O partido tratou do incêndio numa cadeia no interior de Minas Gerais, quando morreram oito presos. No mesmo dia, o partido anunciou que foi o campeão de filiações em 2007, com 108 mil novas adesões, que os pontos de cultura na Bahia (onde o governador é o petista Jaques Wagner) vão triplicar, e que o Brasil pode ser tornar o segundo maior produtor mundial de biodiesel.

Mais conteúdo sobre:
José Dirceu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.