Por telefone, Lula e Obama discutem Cuba e crise

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou hoje por 15 minutos, por telefone, com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O objetivo foi acertar detalhes sobre o que os dois presidentes vão levar à reunião de amanhã da V Cúpula das Américas, em Trinidad e Tobago. Lula e Obama conversaram sobre Cuba, a crise econômica internacional, o impacto na America Latina e o que pode ser feito para diminuir os efeitos dela.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 14h25

O detalhamento da conversa não foi divulgado pela assessoria de Lula. O telefonema foi no final da manhã, quando Lula despachava com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A iniciativa partiu do presidente brasileiro, que não conseguiu falar com o presidente norte-americano na primeira tentativa. Obama retornou em seguida, já a caminho de sua viagem ao México.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.