Por que São Paulo deve votar em Gilberto Kassab

A resposta está sendo dada pelo próprio povo de São Paulo. Só me resta repetir, respeitar e festejar o que dizem os paulistanos: Gilberto Kassab é o prefeito com melhor avaliação da capital paulista desde que o instituto Datafolha iniciou seus trabalhos, nos anos 80. O governo Kassab tem avaliação ótima ou boa de 61% dos paulistanos. Os cidadãos da maior cidade do País reconhecem em Kassab um prefeito eficiente, sério, corajoso, realizador e voltado para as áreas mais importantes da gestão municipal, principalmente saúde e educação.Mais uma vez, São Paulo consagra e oferece aos brasileiros um novo e promissor líder, tão bom administrador quanto político. Kassab é grande e auspiciosa novidade das eleições municipais de 2008 no País inteiro.Já antes do processo eleitoral o cidadão conferia uma boa avaliação ao trabalho de Kassab. Como sempre afirmamos, a campanha eleitoral ofereceria a oportunidade de Kassab se associar aos bons resultados da gestão. Foi o que aconteceu. Para nós, o extraordinário resultado eleitoral obtido por Kassab não é nenhuma surpresa.Kassab está finalizando a sua primeira campanha como cabeça-de-chapa numa eleição majoritária. Seus dois competidores diretos somavam nada menos do que seis eleições recentes. Partiram de um recall elevado, mas Kassab soube se impor a eles com brilho e competência. Os debates realizados deixaram claro que surge em São Paulo uma nova liderança política que vai prestar serviços relevantes para a democracia brasileira.Kassab é um político novo na geração e nos costumes. Com 48 anos, engenheiro e economista pela Universidade de São Paulo, é um hábil articulador e um administrador perfeccionista. Herdou de José Serra um programa e uma equipe de governo e teve a sabedoria de manter as principais diretrizes. Também inovou e lançou novos programas. Destacou-se, em especial, por definir prioridades claras, alocar recursos e obter resultados.As prioridades foram saúde e educação. A lei manda aplicar 15% dos recursos municipais em saúde. Kassab pôs 20%. Entregou 2 grandes hospitais, 115 Assistências Médicas Ambulatoriais, informatizou toda a rede de unidades de saúde, normalizou a distribuição de remédios e passou a entregá-los em casa, criou programa dedicado às mulheres grávidas. Os novos equipamentos municipais de saúde têm aprovação superior a 90% dos usuários segundo o Ibope.Na educação, Kassab acabou com as escolas de lata deixadas pelo governo anterior e está próximo de acabar com o terceiro turno, das 11h às 15h, tão maléfico para estudantes e professores. Está entregando 217 escolas. Investiu em qualidade e colocou dois professores nas salas de alfabetização. O resultado é que 85% das crianças completam o segundo ano sabendo ler e escrever. Kassab fez tudo isso mesmo eliminando taxas e contribuições abusivas criadas na gestão anterior. Provou que, com boa gestão, é possível fazer mais e melhor com o dinheiro público. A gestão das finanças foi tão competente que a prefeitura voltou a investir no metrô.Não faltam motivos para reeleger Kassab. Os paulistanos têm toda razão. Cabe aos eleitores do País inteiro, prazerosamente e com uma ponta de inveja, aplaudir a escolha. * Rodrigo Maia é presidente do DEM

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.