Por 'cota', Dilma quer mulher no Ministério do Esporte

A presidente eleita Dilma Rousseff deve anunciar hoje o nome da ex-prefeita de Olinda e deputada federal Luciana Santos (PC do B) para o Ministério do Esporte. Definida a cota desse partido, a prioridade é fechar um acordo com o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

AE, Agência Estado

17 Dezembro 2010 | 09h38

Como o deputado Ciro Gomes voltou à cena pedindo um dos dois ministérios reservados para o partido, o PSB quer mais uma pasta para apaziguar a bancada na Câmara.

Ontem, Dilma anunciou mais três ministros. Decidiu manter Carlos Lupi (PDT) no Ministério do Trabalho e Izabella Teixeira - como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedira - à frente do Meio Ambiente. Outro que foi confirmado no posto é Fernando Haddad, que seguirá na Educação. Agora, são 23 nomes anunciados, em um total de 37 ministérios.

Em conversa com a presidente eleita na Granja do Torto ontem, a cúpula do PC do B reivindicou a manutenção de Orlando Silva no Esporte, mas Dilma não atendeu, alegando que a pasta ajudaria a compor a cota de mulheres no ministério. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.