População vê corrupção como principal problema, diz pesquisa

A corrupção foi apontada por 56% dos entrevistados do Ibope no Estado de São Paulo como o principal problema que o governo federal enfrenta no momento. A pesquisa citou também os seguintes problemas que preocupam a população: violência nas grandes cidades (33%), geração de empregos (32%), combate à fome e à miséria (28%), serviços de saúde (28%), valor do salário mínimo (20%), valor dos impostos (16%) e situação das estradas (12%), entre outros.A amostra, realizada entre os dias 28 e 30 de abril com 1.204 eleitores em 63 municípios paulistas, avaliou também a preocupação com relação aos principais problemas no Estado. Saúde e desemprego lideraram com 62%, seguidos por segurança pública (37%), educação (35%), corrupção (20%), moradia (19%), transporte público (9%) e estradas (7%), entre outros.O Ibope apurou também a caracterização dos pré-candidatos que disputam o governo do Estado com as demandas setoriais. Segundo a amostra, o pré-candidato do PSDB, José Serra, aparece mais preocupado com a área da saúde para 56% do entrevistados. A ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy aparece mais identificada com a área da educação para 23% do eleitores. Na área de transporte público, o tucano registra 23% e a petista, 21%, ou seja, aparecem empatados tecnicamente, já que a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos.O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) registrou baixos índices em todas as áreas. Os maiores porcentuais do senador estão na faixa dos 3%, como nas áreas da educação e geração de empregos.Já o ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf, do PP, destaca-se na área de segurança pública, onde é percebido como mais preocupado por 14% dos entrevistados. Apesar disso, neste quesito, Serra ficou na frente, com 23%. Marta registrou 8% e Mercadante, 2%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.