Policiais civis do Piauí encerram greve

Os policiais civis do Piauí aceitaram hoje proposta do governo estadual, que atende parte das reivindicações, e decidiram voltar ao trabalho, após quatro dias de paralisação. O governo se comprometeu a pagar um abono de férias a quem ganha até R$ 1.700,00, criar uma comissão para elaborar um plano de cargos e salários e a conceder vale-alimentação.Com a garantia de que não haverá desconto dos dias parados, os policiais voltaram às delegacias. Houve pelo menos 30 assaltos e roubos de carros não registrados pela Polícia Civil. "A hora agora é de trabalhar para recuperar o tempo perdido e vamos fazer isso porque conquistamos um pouco mais de dignidade para a nossa categoria", disse o presidente do Sindicato dos Policiais Civis Constantino Júnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.