Policiais civis de Alagoas entram em greve por reajuste

Os policiais civis de Alagoas decidiram na tarde de terça-feira, após uma assembléia em Maceió, entrar em greve por tempo indeterminado contra a suspensão do reajuste para a categoria.O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) informou que o protesto só acaba quando o governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) revogar o decreto que suspendeu o aumento de 15%.Os peritos criminais do Instituto Médico Legal (IML) e funcionários de nível médio da Saúde, que foram atingidos pelos cortes, também decidiram cruzar os braços. Professores e profissionais de nível superior da Saúde avisaram que podem paralisar o trabalho ainda nesta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.