Policiais apreendem bolsas falsificadas na Castelo Branco

Após uma denúncia pelo telefone, um carregamento com cerca de 2 mil bolsas da marca Louis Vuitton falsificadas foi apreendido neste domingo no início da Rodovia Castelo Branco, próximo do pedágio, em São Paulo, por policiais da 1ª Delegacia de Combate à Pirataria do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic). Um homem foi preso.Segundo informações iniciais da Secretaria de Segurança Pública, as bolsas com o novo design da grife francesa, recém-lançado, estavam dentro de 80 caixas transportadas em um ônibus de viagem que havia partido de Mauá, na Grande São Paulo. Os policiais, que tinham conhecimento da placa do ônibus, monitoraram as estradas de São Paulo e interceptaram a carga na Rodovia Castelo Branco. O motorista teria sido contratado pelos contrabandistas para transportar a carga e não teria conhecimento do conteúdo. Outro homem, que seria responsável pelo carregamento, afirmou que não sabia das bolsas.De acordo com o detido, o ônibus seguiria pela rodovia até um ponto no qual um caminhão-baú seria carregado com as caixas para o interior paulista. A carga e o homem detido foram encaminhados à sede do Deic que fica na Avenida Zaki Narchi, 152, no Carandiru, na zona norte de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.