DANIEL TEIXEIRA | ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA | ESTADAO

Polícia utiliza gás de pimenta e bombas de efeito moral para conter manifestantes em Brasília

Confronto começou quando manifestantes tentaram derrubar a divisória que separa grupos favoráveis e contrários ao impeachment

Daniel Teixeira, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2016 | 22h12

BRASÍLIA - A Polícia Militar do Distrito Federal utilizou gás de pimenta e bombas de efeito moral para conter um grupo de manifestantes que protestava contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A confusão aconteceu por volta das 19h, quando os manifestantes tentaram derrubar a divisória instalada pelo governo no meio da Esplanada dos Ministérios para separar os grupos favoráveis e contrários ao afastamento de Dilma.

Eles dispararam rojões, atiraram pedras contra os policiais e ameaçaram invadir o Congresso Nacional. Pelo menos um deles teve que ser removido de maca e alguns relataram casos de agressão por parte dos policiais. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.