Polícia tem 15 dias para ouvir Maluf

A Justiça estabeleceu um prazo de 15 dias para a polícia tomar o depoimento do ex-prefeito Paulo Maluf (PPB) e de familiares dele, sobre a suposta existência de uma conta em instituição financeira no paraíso fiscal de Jersey (Ilhas Virgens britânicas). Dados "oficiosamente obtidos" - segundo e-mail enviado por um investigador da polícia de Jersey ao Ministério Público (MP) de São Paulo - indicam que uma aplicação foi bloqueada administrativamente, mas não revelam o nome da instituição.O prazo não é prorrogável. A ordem foi dada pelo juiz-corregedor Maurício Lemos Porto Alves, que decretou o sigilo dos autos. A polícia abriu inquérito para investigar se houve superfaturamento e desvio de verbas públicas em contratos da administração Maluf (1993-1996). O inquérito vai apurar se houve remessa de valores para Jersey. Maluf terá de esclarecer se possui recursos nas ilhas. Se confirmar a informação, o ex-prefeito deverá explicar a origem dos ativos e entregar documentos que comprovem a legalidade da operação. Maluf nega manter valores em Jersey. Antes de viajar a Paris - em férias -, ele declarou que não possui dinheiro ali. Os esclarecimentos poderão ser feitos pelos advogados dele.Promotores de Justiça que investigam Maluf pediram a quebra do sigilo telefônico, bancário e fiscal. O MP abriu o procedimento investigatório 13/01 para apurar "crimes contra a administração pública e lavagem de dinheiro, em tese, praticados pelo ex-prefeito". Os promotores querem acesso a dados confidenciais da mulher de Maluf, Sílvia Maluf, de três filhos do casal e de uma nora dele, Jaqueline. O pedido de desbloqueio de dados foi reforçado com a tradução de e-mails enviados pelo promotor Marcelo Mendroni ao investigador David Mint, de Jersey. O policial alertou "quanto à imprescindibilidade da existência de formal procedimento apuratório de crime para fornecimento de dados de aplicação financeira oficiosamente já obtidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.