Polícia Rodoviária Federal compra 18 Harley Davidson

A Polícia Rodoviária Federal comprou 18 motocicletas americanas Harley Davidson Police, de 1450 cilindradas, ao preço de US$14.150 cada uma, totalizando um gasto de R$ 792 mil. As motos, que já estão em Brasília, serão usadas na escolta de autoridades nacionais e internacionais e patrulhamento das rodovias federais. Mas elas também poderão ser usadas para a escolta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso haja solicitação de apoio das Forças Armadas, que normalmente executam este trabalho de segurança presidencial.O modelo escolhido, um dos mais caros do mercado, é o necessário segundo a PRF para a execução deste tipo de missão, porque a motocicleta precisa ter um motor potente e um arranque capaz de fechar o trânsito de uma rua e, depois, dar uma arrancada, ultrapassando o comboio e chegando à frente dos carros, para fechar a próxima rua necessária. A Polícia informa ainda que o preço foi muito abaixo do mercado, que na loja custa o dobro do preço.As motos da Polícia Rodoviária Federal foram adquiridas por pregão eletrônico internacional e, de acordo com a assessoria da PRF, compradas com recursos provenientes de arrecadação pelo órgão com multas. As novas motos, que chegaram a Brasília no último final de semana, entrarão em uso em três meses. Até lá, estarão passando por um processo de adaptação, como pintura na cor da PRF e instalação de rádios de comunicação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.