Polícia procura funcionários da prefeitura de Taboão-SP

A Polícia Civil ainda está à procura de três pessoas, entre funcionários e ex-funcionários da Prefeitura de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, acusados de envolvimento em fraudes na dívida do IPTU no município.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

05 de maio de 2011 | 11h29

A operação começou na terça-feira, com o cumprimento de quatro dos 11 mandados de prisão. Foram detidos os vereadores Carlos Alberto Aparecido de Andrade, Arnaldo Clemente dos Santos, José Luís Eloy e o irmão de um dos vereadores, Milton de Andrade. Ontem, mais três pessoas foram detidas, Turíbio Antonio de Castilho Junior, Bruno Camargo Bolfarini e Celso Santos Vasconcelos. Marcio Renato Carra já havia sido preso anteriormente.

A polícia vai investigar as contas da prefeitura para descobrir o tamanho do rombo nos cofres públicos. Segundo a apuração inicial, o grupo cancelava dívidas de IPTU e, em troca, os devedores pagavam 30% do valor devido ao município para a quadrilha. Policiais identificaram desvio de mais de R$ 1 milhão só neste ano. A prefeitura de Taboão afirmou que também vai apurar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.