CNS - Divulgação
CNS - Divulgação

Polícia pede prisão de 3 por assassinato de casal no Pará

Autoridades afirmam já ter localizado os envolvidos nas mortes dos extrativistas e aguardam apenas autorização da Justiça

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

20 de julho de 2011 | 14h26

A Polícia Civil do Pará pediu nesta quarta-feira, 20, a prisão preventiva de três suspeitos de envolvimento na morte do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, ocorrido no dia 24 de maio, no assentamento Praialta Piranheira, em Nova Ipixuna.

A polícia já tem a localização dos envolvidos José Rodrigues Moreira, de 42 anos, considerado como o mentor do crime, Lindon Jonson Silva Rocha, de 29 anos, e Alberto Lopes do Nascimento, de 29, que foram os executores, mas aguarda a autorização da Justiça para efetuar as prisões.

José Cláudio Ribeiro e sua esposa Maria do Espírito Santo da Silva, ambos com 54 anos, foram assassinados por volta de 8 horas do dia 24 de maio, em uma estrada vicinal de Nova Ipixuna, a 42 quilômetros da sede do município, quando viajavam em uma motocicleta e foram surpreendidos por dois homens encapuzados que dispararam vários tiros contra o casal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.