Polícia Federal realiza operação no TJ-MT

Esposa de um ex-desembargador e mais quatro advogados tiveram prisões decretadas

Fátima Lessa - Especial para O Estado de S.Paulo

18 Maio 2010 | 11h23

CUIABÁ - A Polícia Federal de Mato Grosso realiza nesta terça-feira, 18, a operação Asafe dentro do TJ de MT, escritórios de advogados, casas de juízes e desembargadores. Além de Cuiabá nove mandados de prisões temporárias e 30 de busca e apreensão são cumpridos em Alto Araguaia e Várzea Grande. A ação está sendo executada em parceria com o MPF e a OAB-MT atendendo a uma determinação do CNJ.

 

Os mandados são cumpridos desde as 6 horas da manhã. A esposa de um ex-desembargador e mais quatro advogados tiveram prisões decretadas. Há alguns meses, o TJ está mergulhado em escândalos que envolvem desde malversação do dinheiro público, casos de nepotismo e também suspeita de vendas de sentenças.

Mais conteúdo sobre:
Polícia Federal operação TJ-MT

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.