Polícia Federal detém passageiro com US$1,3 milhão em Garulhos

A Polícia Federal deteve, nestasexta-feira, um passageiro com passaporte brasileiro que foiflagrado com 1,3 milhão de dólares não declarados dentro damala no aeroporto de Garulhos, informou uma fiscal da ReceitaFederal. O homem, de ascendência asiática e que fala português,desembarcou nesta manhã em um vôo que partiu da China e fezescala em Frankfurt, na Alemanha, disse a fiscal por telefone. "Ele foi selecionado para inspeção, e quando passou peloraio-x, foi identificado grande quantidade de papel. O dinheiroestava embrulhado no meio de revistas e catálogos em váriospacotes", afirmou a funcionária da Receita. O próprio passageiro informou que o montante seria de 1,3milhão de dólares, mas não disse a origem do dinheiro. Ele estádetido sob custódia da PF enquanto a contagem do dinheiro éefetuada. A legislação brasileira determina que todo viajante queentrar ou sair do país com mais de 10.000 reais, em moedanacional ou estrangeira, é obrigado a declarar o valor àfiscalização aduaneira. Como a quantia não foi declarada, a Receita Federal faz umtermo de retenção e o dinheiro será repassado ao Banco Central,informou a fiscal. (Reportagem de Pedro Fonseca)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.