Polícia do RJ destruiu 4 mil armas apreendidas

A polícia do Rio de Janeiro destruiu hoje mais de quatro mil armas de fogo ilegais apreendidas há cinco anos. Uma árvore com cerca de 200 fuzis foi queimada pela primeira vez na América Latina. O método é recomendado pela ONU pelo forte simbolismo contra a violência. As demais armas foram esmagadas por um rolo compressor e transformadas em sucata. No chão foram expostos 600 pares de sapatos de vítimas da violência em Brasília e em São Paulo. As informações são da Globo News.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.