Polícia do PA faz operação para desarmar integrantes do MST

A Delegacia de Conflitos Agrários instaurou inquérito para apurar conflito que deixou ao menos sete feridos

Elvis Pereira, ad Central de Notícias,

20 de abril de 2009 | 16h09

Quarenta policiais militares da tropa de missões especiais efetuam nesta segunda-feira, 20, uma operação na região de Xinguara, município do Sul do Pará. O objetivo é desarmar membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que, no sábado, 18, entraram em confronto com seguranças da Fazenda Espírito Santo, da Agropecuária Santa Barbará, ligada ao Grupo Opportunity.

 

Situação em Carajás está sob controle, diz Ana Júlia

PM vai desarmar MST e seguranças no sul do Pará

Ação de sem-terra deixa oito feridos e faz cinco reféns

 

Até esta tarde, um balanço da ação não havia sido divulgado. A Delegacia de Conflitos Agrários de Redenção instaurou inquérito para apurar o episódio, que deixou ao menos sete feridos - seis integrantes do MST e um segurança da fazenda.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública paraense, a empresa para a qual os seguranças trabalham está em situação legal e tem cadastro junto à Polícia Federal.

Tudo o que sabemos sobre:
mstpará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.