Polícia desocupa fazenda no Pontal do Paranapanema

A Polícia Militar não teve trabalho para cumprir hoje a ordem judicial de reintegração de posse da fazenda Sul Mineira, em Presidente Epitácio, no Pontal do Paranapanema, invadida desde o dia 9 por 300 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Assim que o aparato policial se posicionou nas proximidades da área invadida, os sem-terra começaram a desmontar os barracos. Um oficial de Justiça deu ciência aos líderes da decisão do juiz Rogério de Toledo Pierre, da 1ª Vara Cível da Comarca, que fixou uma multa diária de R$ 1 mil caso a fazenda volte a ser invadida. Os sem-terra carregaram caminhões e ônibus e rumaram para o acampamento Jahir Ribeiro, em Epitácio. Essa foi a segunda invasão da Sul Mineira este ano pelo menos grupo. A área já havia sido ocupada no início de abril. A fazenda, de mil hectare, pertence à família Chap Chap, de São Paulo, e é considerada produtiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.