Polícia de Mato Grosso prende 65 por desvio e desmatamento

Levantamento do Ministério Público mostra que quadrilha desviou R$ 58 milhões

Agencia Estado

04 de julho de 2007 | 17h25

A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu nesta terça-feira, 3, 65 pessoas entre servidores públicos, engenheiros florestais, madeireiros e fazendeiros. O bando é acusado de formação de quadrilha e falsidade ideológica por forjar projetos de exploração florestal, desmatamento e manejo na Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema). Levantamento do Ministério Público Estadual e da polícia aponta que a quadrilha desviou R$ 58 milhões com a falsificação de 81 milhões de metros cúbicos de madeira que precisariam de 4 mil caminhões para serem transportadas. Ao todo, na Operação Guilhotina, serão cumpridos 75 mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão.

Tudo o que sabemos sobre:
políciadesmatamentodesvioquadrilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.